{lang: 'en-US'}

sábado, 5 de maio de 2012

Uma lição para mostrar como ilustrar um cadeirante nos quadrinhos.




Fonte: The Mary Sue

Oráculo
Não muito tempo atrás, pedi a um famoso ilustrador dos quadrinhos para desenhar-me uma imagem da Oráculo e o que eu recebi não era nada do que eu esperava. Barbara Gordon foi retratada em uma cadeira de rodas do hospital com um cobertor sobre as pernas, certamente não é a Oráculo eu sei. "Como poderia um grande nome assim então não saber como desenhar alguém em uma cadeira de rodas?" Eu disse a mim mesma, mas depois pensei: "Provavelmente porque eles não estão em uma." Isso é apenas um cenário possível é claro, há uma abundância de artistas lá fora (como Adam Hughes acima) que o fez correto. Mas se há um problema que todos sofrem, por vezes, é ignorância. Sim ... todos nós. Alguns mais que outros, claro, mas mesmo o mais erudito de nós poderia fazer mais com um pouco de educação agora e, então, é esse o meu objetivo hoje.
Certamente não é entendida como uma alfinetada, mas ao longo dos anos, tornou-se óbvio para mim que um monte de pessoas se esquecem do cotidiano na vida das pessoas com deficiência (PCD).  E é por isso que a conscientização e a educação são importantes. Não é que as pessoas não se importem (embora alguns talvez não), é que eles realmente não sabem o que é apropriado em determinadas situações. Leia sobre alguns exemplos de diferentes tipos de cadeiras de rodas, bem como aqueles que os utilizam, além de alguns comentários de um autor e um ator que estão perto do tópico em questão.

Esta é uma cadeira de rodas normal, manual, também às vezes chamada cadeira de rodas para transporte. Por quê? Porque o seu objectivo é transportar pessoas, é utilitária.  Eles usam estas em hospitais para receber pacientes que não podem, ou não devem, andar de um lugar para o outro. Uma pessoa que foi incapacitada permanentemente muito provavelmente não iria estar usando este tipo de cadeira de rodas, contudo ainda vejo muitas vezes artistas de quadrinhos retratar personagens, Oráculo, por exemplo, neste tipo de cadeira, quando ela deveria estar em uma parecida com esta.


A diferença? Esta é facilmente manobrável, fácil de transportar. E não, ela não tem alças, porque as pessoas que as usam geralmente gostam (e podem) chegar-se onde elas precisam ir sem ajuda. Então por que não vemos este tipo de cadeira de rodas representada com mais freqüência, para os personagens que os possam utilizar, nos quadrinhos? Perguntei  ao escritor Gail Simone da DC, que escreveu a personagem da Oráculo frequentemente.
Simone disse que sempre se esforçou para ser preciso, mas que às vezes os erros acontecem. "Nós normalmente tivemos o cuidado sobre o design da cadeira nas edições anteriores de Birds of Prey, mas às vezes, um problema pode ter uma virada artista, e em alguns casos, os projetos de cadeira nessas questões eram ocasionalmente totalmente arcaicos", ele disse. "Você não pode culpar o artista, é mais culpa minha por não fornecer referências adequadas, ou se eu não estava ciente de uma referência de preenchimento  para o artista usar, então o editor deveria ter fornecido."
Ainda assim, permanece o fato, um bom número de artistas já não tem esse tipo de informação na mão e essa é uma das razões pelas quais eu decidi escrever este artigo. No entanto, Simone me disse que estava sempre ouvindo os aconselhamento e direção dados pelos fãs.
A maioria dos comentários que recebi de PWD foram muito positivos, mas a representação da cadeira precisava ser atualizada e eles me reconheciam na web e em convenções, pelo qual eu fiquei muito agradecida. Eles nunca estava com raiva, apenas queriam que um aspecto tão importante fosse tratado corretamente, e eles estavam mortalmente corretos. Especificamente, foi apontado que Barbara, uma expert em tecnologia, estaria usando uma cadeira mais leve, mais manobrável ​​", disse ela. "Então, no segundo volume de Birds of Prey, eu coloquei a questão lá, tanto para cadeirantes e profissionais de saúde, que tipo de cadeira faria Barbara sentir mais útil e adequada. E nós temos uma quantidade impressionante de respostas, que foram incorporando diretamente no livro, quando foi cancelado, infelizmente para o grande relançamento.


Aqui está a representação da artista Yasmin Liang de Barbara Gordon como Oráculo. Liang disse que ela buscon no Google para referência, mas escreveu: "Eu morria de medo de colocar Barbara no tipo errado de cadeira de rodas (eu ainda estou muito certo tudo o que eu tenho feito é desenhar algo vagamente aludindo a um)." Na verdade, ela fez um trabalho muito grande considerando que este é como alguém com uma lesão medular, semelhante a Barbara, olha em sua cadeira.

Essa é Teal Sherer, a Venom em The Guild (web série), que me disse que ela tem as mesmas frustrações como atriz ao ver cadeira de rodas na tela. "Eu passava pelos canais de TV na outra noite e cheguei a este filme terrível do canal Hallmark chamado Depois da Queda (After the fall)", disse ela. sobre esta jovem que é uma saltadora de mostra competitiva e cai de seu cavalo, ficando paralítica. Eles a colocaram nesta desajeitada cadeira de rodas médica e olhar isso me deixou louca. É tão falso. Na realidade, ela estaria em uma cadeira de rodas semelhante a minha. Façam pesquisa, produtores!" A atriz que interpreta o papel principal não foi confinada a uma cadeira de rodas na vida real; ter um consultor no set certamente teria dirigido-os para a realidade da situação. Sherer está atualmente trabalhando em uma web série de comédia chamada Minha Vida Gimpy, que será baseada em suas aventuras como uma mulher em uma cadeira de rodas em Hollywood e esperamos mostrar para algumas pessoas como as coisas realmente são....

Interromperei a tradução da matéria aqui, pois creio que é justo que acompanhem pelo site original, tamanha é a qualidade do conteúdo. Há outros posts muito interessantes no site e ele foi recomendado pelo próprio Neil Gaiman, via Twitter. Enjoy!
Franz Lima
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário