{lang: 'en-US'}

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Fantasia, fotografia e filosofia: A Criança Exterior.




Curta nossa fanpage: Apogeu do Abismo

Um ensaio fotográfico que recebeu um tratamento diferenciado, tornando adultos em crianças, mas mantendo as feições de gente grande. A Criança Exterior é um trabalho diferente por causa da mensagem contida em cada foto: nunca crescemos plenamente. 
O que mais me chamou a atenção é a filosofia embutida em um trabalho que teria tons cômicos caso não fosse devidamente contemplado. Por trás de cada adulto que foi transformado em uma "criança" há um lembrete sobre nossa fragilidade psíquica e comportamental. Em suma, diante de algo inesperado ou assustador, apenas para citar, a esmagadora maioria volta a ser um pequenino. 








Parabéns ao criador desse ensaio, Cristian Girotto, cujo portfólio está no link do post. 
   

←  Anterior Proxima  → Página inicial

Um comentário:

  1. Como você falou no início do post: "[...] um trabalho que teria tons cômicos caso não fosse devidamente contemplado." Tendo consciência do sentido que o artista quis passa, o que seria motivo para risos, torna-se espaço para uma reflexão profunda. Carregar essa criança interior, em meu humilde entendimento, possui mais de um sentido, nesse caso é salientada a nossa pequenas diante de eventos que nos fogem do controle, mas também pode significar a capacidade que temos de olhar para as coisas e vermos nelas aventuras, sentimentos, pensamentos que a maioria das pessoas ignora ou avalia como sinal de imaturidade. Ser uma criança é também ter a capacidade sonhar em alto nível, mas, infelizmente, a criança às vezes tem que ficar mais comportada e moldar-se para algo que gera desconforto.

    ResponderExcluir