{lang: 'en-US'}

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Uma fábula contada por Paulo Coelho: A bruxa... Leia e aprenda!




Fonte: G1
Três fadas foram convidadas para o batizado de um príncipe. A primeira lhe concedeu o dom de encontrar seu amor. A segunda lhe deu dinheiro para fazer o que gostava. A terceira lhe deu a beleza.
Mas – como toda história infantil – apareceu a bruxa. Furiosa por não ter sido convidada, lançou a maldição: “porque você já tem tudo, eu vou lhe dar ainda mais. Você será talentoso em tudo aquilo que fizer”.
O príncipe cresceu belo, rico e apaixonado. Mas jamais conseguiu realizar sua lenda pessoal, cumprir sua missão na Terra.
Era excelente pintor, escultor, escritor, músico, matemático – e não conseguia completar nenhuma tarefa, porque logo se distraía, e queria fazer uma coisa diferente.
Diz o Mestre:
"Todos os caminhos vão ao mesmo lugar. Mas escolha o seu, e vá até o final. Não tente percorrer todos os caminhos".

Tenho esta fábula escrita em um caderno há anos, porém não sei dizer de onde colhi, qual a fonte. Sendo assim, encontrei essa versão publicada por Paulo Coelho e lancei. Que a lição seja de alguma valia...

Franz.
←  Anterior Proxima  → Página inicial

Um comentário:

  1. Até mesmo por questão biológica, somos finitos, não há como percorrermos todos os caminhos possíveis. Entendo como é essa ansiedade por querer fazer muitas coisas, às vezes a sinto, mas sempre tento manter o foco em um objetivo maior.

    ResponderExcluir