{lang: 'en-US'}

domingo, 17 de março de 2013

A arte de Roberto Ferri, pintor inspirado em Caravaggio.




 
Profundamente inspirado em pintores barrocos (especialmente Caravaggio) e outros velhos mestres do romantismo, academicismo, e Simbolismo (David, Ingres, Girodet, Géricault, Gleyre, Bouguereau, Moreau, Redon, Rops, etc)
Formado -
com Menção Honrosa - na Academia de Belas Artes de Roma. Em 2003 fez a exposição-solo "Roberto Ferri e o sonho de Parnassus", no Centro de Arte Contemporânea de Roma. Suas obras já estão presentes em muitas e importantes coleções particulares em Londres, Paris, Madrid, Barcelona,​Miami, Nova York, San Antonio, Roma, Milão, Malta, Dublin, Boston, e o Castelo de Menerbes, Provence.

Além de uma absurda perfeição e irrepreensível  uso de luz e sombras, Roberto Ferri expõe com total clareza e contemporaneidade a dor e o sexo. Suas obras são plenas de tons masoquistas e nudez, frutos, talvez de uma fixação pela arte que o inspirou, mesclada ao atual e recorrente tema do sexo e da morte. 

Talvez alguns considrem suas obras agressivas, mas o fato é que são perfeitas. Mesmo com certa dose de violência - em alguns trabalhos - a beleza é sempre a marca maior.







Compare agora com a arte de Caravaggio:




←  Anterior Proxima  → Página inicial

Um comentário: