{lang: 'en-US'}

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Qual a função do Medida Certa?





Por: Franz Lima.

Não gosto de dizer isso, mas a verdade é que ainda desconfio de programas como o Medida Certa, que a Globo lançou em nova versão. Valendo-se de celebridades, o programa prega que é possível emagrecer e levar uma vida saudável. Tal como em um livro de auto-ajuda, a série tem o firme propósito de servir como um estímulo adicional aos espectadores que queiram perder um quilos e levar uma vida mais saudável.
Ponto para a produção do programa: a ideia é ótima. Porém...

Quatro celebridades vão se mobilizar na busca de uma vida mais saudável na quarta edição do Medida Certa, do Fantástico. Os participantes da vez são o humorista Fábio Porchat e os cantores Preta Gil, Gaby Amarantos e César Menotti.

Porém ainda me restam algumas dúvidas quanto à eficácia de tal empreendimento, principalmente quando há um ponto básico nessa história: a falta de memória quase crônica do brasileiro. Estímulos são sempre um reforço para que avancemos para um ponto melhor. Mas são só estímulos...
A realidade do brasileiro é outra bem diferente. A grande maioria trabalha quase ao ponto de absoluto desgaste, enfrenta conduções precárias (e condições precárias também) e tem apenas um pequeno espaço de tempo para cuidar dos preparativos para o dia seguinte, além da família. Como esperar que alguém siga uma dieta e uma rotina destinadas a outra pessoa, sufocada pela rotina que acabei de citar e, ainda assim, obtenha sucesso em emagrecer? Difícil. E essa dificuldade amplia, volto a lembrar, pela curta memória que nós, brasileiros, temos. Enquanto o programa estiver rolando, muitos irão correr, malhar, diminuir os alimentos gordurosos e buscarão seguir quase que religiosamente as determinações dos treinadores e artistas envolvidos no projeto. Entretanto, essa é uma realidade com prazo de validade. Acabou o programa, gradualmente o estímulo irá diminuir até extinguir.
Infelizmente não há investimento por parte da emissora para trazer saúde ao público que vê o programa. A iniciativa seria válida se ela estivesse mais próxima da realidade do grande público, pois são raros os que podem pagar um personal trainer, dispõem de tempo e alimentação capazes de proporcionar o resultado final que a emissora espera dos participantes do 'reality show'.
Não sei qual foi o real investimento da Globo para elaborar essa série. Talvez nunca saiba. Mas isso não significa que os gastos sejam poucos. Personal trainer, cinegrafistas, sonoplastas, edição, iluminadores, cachês dos participantes, nutricionistas, fotógrafos, edição para a web, etc. É muito dinheiro investido e, acredite, isso não é porque a Globo quer você magro e saudável. 
Com algo em torno de milhões investidos, pensem em quantas academias populares - com treinadores - a emissora poderia oferecer para comunidades carentes de vários Estados do país? Quantas famílias com pessoas vitimadas pela obesidade mórbida poderiam ser assistidas? Estou sendo negativo nos questionamentos? Sim, o que não significa que não esteja sendo verdadeiro. Muito dinheiro investido em um programa que não passa de um reality show sem putaria (tal como é o BBB) e que visa, exclusivamente, o retorno financeiro. Preparem-se para propagandas escancaradas e escondidas (subliminares), alguma enrolação e a participação dos 'escolhidos' em futuros Domingão do Faustão.
Como disse no início, a ideia do programa é ótima, porém...



←  Anterior Proxima  → Página inicial

3 comentários:

  1. É você tem razão. Milhares de telespectadores vão ficar interessado, porém, alimentação saudável, mudança na alimentação, academia, dança, etc. É tudo muito caro é impossibilita assalariado pode utilizar. Até tentamos, mas!! Agora eu te pergunto: Alimentos geneticamente modificado é salvável? Na minha opinião além de ser cancerígenos desencadeia a obesidade, sem falar na vida sedentária que temos hoje em dia! Sou de uma época que fazer comida com banha de porco era saudável, mas também verdura e legume não tinha agrotóxico,fruta a gente pegava no pé.
    Hoje em dia, as frutas não tem o mesmo gosto, geralmente estão sem sabor. Coisa boba, mas vale a pena prestar atenção. Salsinha que vc colhe na horta tem um cheiro diferente, daquela que vc compra na feira. Se prestar atenção o que existe de propaganda milagrosa para emagrecer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São muitos os artifícios usados para ludibriar os espectadores, Leda. Infelizmente a busca pela perfeição (estética) é uma fonte de lucro para quem domina os meios de comunicação...

      Excluir
  2. E há alguma coisa na televisão que não visa lucro?

    ResponderExcluir