Pular para o conteúdo principal

Homens-Aranha: resenha da Graphic Novel que me surpreendeu positivamente.

Por: Franz Lima.
Antes de começar a falar propriamente sobre a graphic novel, há alguém aqui que está sem um barril? Brincadeira! Alguém ainda duvida que o Homem-Aranha é o personagem da Marvel mais amado? Pouco tempo atrás ocorreu o lançamento de miniaturas de personagens da Marvel em metal. Qual foi o primeiro herói da coleção? E a mais recente coleção de graphic novels que a Salvat lançou em parceria com a Panini, sabem de quem é a primeira edição (aqui no Brasil, pois estão lançando em ordem aleatória)? Sim, o amigão da vizinhança: Homem-Aranha. Isso tudo só para evidenciar que Peter Parker é o mais querido dos heróis da Fábrica de Ideias.
Com base em tudo acima, passei em uma banca e vi a edição especial: Homens-Aranha (em inglês Spider-Men). Sim, no plural. Esta edição aborda o encontro entre o Aranha de Peter Parker e o Aranha do universo Ultimate, Miles Morales. Mas podem ficar tranquilos que não há inimigos galácticos, invasões com milhares de alienígenas ou a reunião de todos os heróis e vilões dos dois universos. O que temos é o simples encontro de Peter e Miles, com as devidas consequências, claro.
A história parte do ponto em que Peter encontra um vilão - o bom e velho Mystério - que, aparentemente, conseguiu desenvolver um portal interdimensional. O confronto entre o Aranha e Mystério é inevitável e isso acaba levando o aracnídeo para o universo de Miles. 
Sem saber onde está e tendo que lidar com uma realidade totalmente diferente da sua, Peter não só se depara com o outro Aranha, como também com uma superequipe de heróis, Nick Fury e outras pessoas muito, muito importantes para ele, resultando no ponto alto da história. 
Esqueçam os grandes confrontos, que ocorrem na trama. O ponto máximo dessa história fala sobre 'segunda chance'. Pois é isso que Peter ganha ao ingressar nesta realidade alternativa: uma chance de reencontrar pessoas que lhe são queridas, cujas reviravoltas da vida não lhe permitiram falar, expressar esse amor. É emoção à toda prova.
Podem comprar sem medo essa edição. Garanto que até quem não é fã do Homem-Aranha irá se tornar...
Boa leitura!




Comentários

  1. Caramba, vou na banca URGENTE.
    Li a Milenium completamente e amo as revistas do Homem-Aranha. Fiquei maluco! Tenho que encontrar essa preciosidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, meu brother. É legal ver o efeito positivo da resenha. Grande abraço!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Bethany Townsend, ex-modelo, expõe bolsa de colostomia de forma corajosa.

Bethany Townsend é uma ex-modelo inglesa que deseja, através de sua atitude, incentivar outras pessoas que sofrem do mesmo problema a não ter receio de se expor. Portadora de um problema que a atinge desde os três anos, Bethany faz uso das bolsas de colostomia  que são uma espécie de receptáculo externo conectado ao aparelho digestivo para recolher os dejetos corporais, e desejou mostrar publicamente sua condição.  Quero que outras pessoas não tenham vergonha de sua condição e é para isso que me expus , afirmou a ex-modelo. Bethany usa as bolsas desde 2010 e não há previsão para a remoção das mesmas.  Eu, pessoalmente, concordo com a atitude e respeito-a pela coragem e o exemplo que está dando. Não há outra opção para ela e isso irá forçá-la a viver escondida? Jamais... Veja o vídeo com o depoimento dela. Via BBC

Suzane Richthofen e a justiça cega

Por: Franz Lima .  Suzane von Richthofen é uma bactéria resistente e fatal. Suas ações foram assunto por meses, geraram documentários e programas de TV. A bela face mostrou ao mundo que o mal tem disfarces capazes de enganar e seduzir. Aos que possuem memória curta, basta dizer que ela arquitetou a morte dos pais, simulou pesar no velório, sempre com a intenção de herdar a fortuna dos pais, vítimas mortas durante o sono. Mas investigações provaram que ela, o namorado e o irmão deste foram os executores do casal indefeso. Condenados, eles foram postos na prisão. Fim? Não. No Brasil, não. Suzane recebeu a pena de reclusão em regime fechado. Mas, invariavelmente, a justiça tende a beneficiar o "bom comportamento" e outros itens atenuantes, levando a ré ao "merecido" regime semi-aberto. A verdade é que ela ficaria solta, livre para agir e viver. Uma pessoa que privou os próprios pais do direito à vida, uma assassina fria e cruel, estará convivendo conosco, c

A sensualidade das princisas da Disney em lingeries.

Uma seleção com as belas princesas da Disney, porém de uma forma que nem os príncipes viram. Sensualidade e criatividade a toda prova. O artista que desenvolveu e concebeu estas versões tem seus trabalhos expostos no Deviantart. Confiram outros trabalhos clicando aqui . Franz says : definitivamente, não há nada mais belo no universo do que uma mulher usando lingerie... Sensual até no desenho.