Pular para o conteúdo principal

SESC anuncia mostra de cinema itinerante no estado de São Paulo. Imperdível.

O Sesc, em ação conjunta com a Mostra Internacional de Cinema, realiza pelo terceiro ano consecutivo a Itinerância da Mostra, com títulos selecionados entre os principais filmes da edição de 2013.
Os valores estão muito bons e oscilam entre 3 e 15 reais.

Eis alguns dos filmes que serão exibidos na mostra:


La jaula de oro.
México, 2013, cor, digital, 102’ I Dir: Diego Quemada-Díez I Elenco: Brandon López, Rodolfo Domínguez e Karen Martínez.

Juan, Sara e Samuel, três adolescentes das favelas da Guatemala, tentam chegar aos EUA em busca de uma vida melhor. Em sua jornada pelo México, eles conhecem Chauk, um índio de Chiapas que não fala espanhol. Viajando em trens de carga eles logo terão que encarar uma dura realidade. No Teatro.



Marina.
Stijn Coninx / Bélgica, Itália, 2013 / 118 min.

Itália, 1948. O jovem Rocco cresce na Calábria, até que um dia seu pai Salvatore decide ir para a Bélgica. Logo, ele manda buscar a família. Do dia para a noite, Rocco vira um imigrante e tem que lidar com a nova situação. Rocco quer ser como os outros jovens. Contra a vontade de seu pai, ele encontra um escape na música e no amor. Baseado nas memórias de infância do cantor ítalo-belga, Rocco Granata.


3 X 3D.

Centrado na cidade de Guimarães, um lugar com mais de 2.000 anos, três diretores consagrados, Jean-Luc Godard, Peter Greenaway e Edgar Pêra; exploram o 3D e sua evolução no mundo do cinema. Just in Time, de Greenaway, explora a história da cidade, atravessando dois milênios ao redor do Paço dos Duques de Bragança. The Three Disasters, o vídeo-ensaio de Godard, é uma jornada pela história do cinema que questiona o que nos aguarda no futuro se o 2D tornar-se obsoleto. Cinesapiens, de Pêra, explora o papel do público na experiência de ver um filme, utilizando um grupo de espectadores dentro de um cinema em Guimarães. 
Direção e roteiro: Peter Greenaway, Jean-Luc Godard, Edgar Pêra. 2013. Color, digital, 70 min. Ficção. Portugal. Teatro.


Jackie.
2012 | color | digital | 96 min. | Ficção | Holanda, EUA
Direção: Antoinette Beumer
Roteiro: Marnie Blok, Karen van Holst Pellekaan
Fotografia: Danny Elsen
Elenco: Holly Hunter, Carice van Houten, Jelka van Houten
Distribuidora: CAFCO
Recomendação etária: Livre

As irmãs gêmeas Sofie e Daan foram criadas por seus dois pais. Quando elas recebem um telefonema inesperado dos Estados Unidos de sua até então desconhecida mãe biológica, Jackie, elas embarcam numa jornada que modifica tudo o que acreditavam ser verdade. A viagem com a estranha e desajustada Jackie mudará a vida de Sofie e Daan para sempre.

Antoinette BeumerNasceu em 1962 na Holanda. Se formou em direção pela Escola de Teatro de Amsterdã. Dirigiu séries de televisão na Holanda e os longas-metragens The Happy Housewife (2010) e Loft (2010)



Bwakaw.
2012, 110 min. Ficção/ Filipinas. Direção e roteiro: Jun Robles Lana • Com Eddie Garcia, Rez Cortez, Gardo Versoza.


René um velhinho gay mal-humorado que vive sozinho e só tem como companhia um cachorro vira-lata chamado Bwakaw. Enquanto insiste em reescrever seu testamento para redistribuir seus pertences aos “amigos” e evita ter que lidar com o caixão que comprou em promoção anos antes e que fica no seu sítio, ele é obrigado a procurar a ajuda de outras pessoas quando Bwakaw fica doente.


Run & Jump.
Dir.: Steph Green


Irlanda/ Alemanha | 2013 | 102 min 



Vanetia reconstrói a vida depois que seu marido sofre um derrame que muda sua personalidade. Ted, um pesquisador, fica hospedado com eles para documentar o processo de recuperação. Vanetia não se sente bem sendo estudada, mas logo se acostuma com Ted. Uma nova família começa nessa história de amor nada convencional.





Meteora.
Alemanha/Grécia, 2012, cor, digital, 81’ I Dir: Spiros Stathoulopoulos I Elenco: Theo Alexander e Tamila Koulieva.




Nas planícies aquecidas da Grécia central, o jovem monge Theodoros e a freira Urania dedicaram suas vidas aos estritos rituais e costumes de sua comunidade. Um afeto que cresce entre eles coloca suas vidas monásticas em risco. Divididos entre a devoção espiritual e o desejo humano, eles devem decidir que caminho devem seguir. No Teatro.


A Montanha Matterhorn.
Fred tem 54 anos e mora sozinho. Ele anda pela cidade de ônibus, frequenta a igreja e janta vagem com carne e batatas todos os dias, às 6 horas em ponto. Um dia, Theo entra na vida de Fred e transforma sua rotina. Influenciado pelo estranho, Fred começa a se desprender e passa a explorar um mundo maior. 
Direção e roteiro: Diederik Ebbinge. 2013. Cor, digital,  87 min. Ficção. Holanda. Auditório.



Dark Blood.
Boy, um jovem viúvo de descendência indígena, mora num deserto contaminado por testes nucleares. Nesse lugar desolado, rodeado por bonequinhos “katchina” que a população indígena acredita possuírem poderes mágicos, ele aguarda o fim do mundo. De repente, seu refúgio é invadido por Harry e Buffy, um casal tentando salvar seu relacionamento com uma segunda lua-de-mel. Quando o carro deles quebra no meio do nada, Boy oferece ajuda. Querendo partir para um mundo melhor com Buffy, ele começa a tratá-los como prisioneiros. O diretor George Sluizer rodou o filme em 1993, mas o projeto ficou inacabado após a morte do ator principal, River Phoenix, sendo concluído apenas agora. 
Direção e roteiro: George Sluizer.  2012. Color, digital, 86 min. Ficção, EUA, Reino Unido, Holanda. Auditório.

Cães Errantes.
Jiao You | Dir. Tsai Ming Liang | Taiwan/França | 2013 | Ficção | 138 min.

Um pai e seus dois filhos vagueiam pelas chuvosas ruas da cidade de Taipei. De dia, o pai trabalha como outdoor humano de apartamentos de luxo, enquanto seus filhos buscam amostras grátis de comida em supermercados. À noite, a família se abriga num prédio abandonado. No aniversário do pai, a família recebe a companhia de uma mulher. Será que ela pode ser a chave para desenterrar emoções do passado ? Com Lee Kang Sheng, Yang Kuei Mei, Lu Yi Ching

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bethany Townsend, ex-modelo, expõe bolsa de colostomia de forma corajosa.

Bethany Townsend é uma ex-modelo inglesa que deseja, através de sua atitude, incentivar outras pessoas que sofrem do mesmo problema a não ter receio de se expor. Portadora de um problema que a atinge desde os três anos, Bethany faz uso das bolsas de colostomia  que são uma espécie de receptáculo externo conectado ao aparelho digestivo para recolher os dejetos corporais, e desejou mostrar publicamente sua condição.  Quero que outras pessoas não tenham vergonha de sua condição e é para isso que me expus , afirmou a ex-modelo. Bethany usa as bolsas desde 2010 e não há previsão para a remoção das mesmas.  Eu, pessoalmente, concordo com a atitude e respeito-a pela coragem e o exemplo que está dando. Não há outra opção para ela e isso irá forçá-la a viver escondida? Jamais... Veja o vídeo com o depoimento dela. Via BBC

Suzane Richthofen e a justiça cega

Por: Franz Lima .  Suzane von Richthofen é uma bactéria resistente e fatal. Suas ações foram assunto por meses, geraram documentários e programas de TV. A bela face mostrou ao mundo que o mal tem disfarces capazes de enganar e seduzir. Aos que possuem memória curta, basta dizer que ela arquitetou a morte dos pais, simulou pesar no velório, sempre com a intenção de herdar a fortuna dos pais, vítimas mortas durante o sono. Mas investigações provaram que ela, o namorado e o irmão deste foram os executores do casal indefeso. Condenados, eles foram postos na prisão. Fim? Não. No Brasil, não. Suzane recebeu a pena de reclusão em regime fechado. Mas, invariavelmente, a justiça tende a beneficiar o "bom comportamento" e outros itens atenuantes, levando a ré ao "merecido" regime semi-aberto. A verdade é que ela ficaria solta, livre para agir e viver. Uma pessoa que privou os próprios pais do direito à vida, uma assassina fria e cruel, estará convivendo conosco, c

A sensualidade das princisas da Disney em lingeries.

Uma seleção com as belas princesas da Disney, porém de uma forma que nem os príncipes viram. Sensualidade e criatividade a toda prova. O artista que desenvolveu e concebeu estas versões tem seus trabalhos expostos no Deviantart. Confiram outros trabalhos clicando aqui . Franz says : definitivamente, não há nada mais belo no universo do que uma mulher usando lingerie... Sensual até no desenho.