{lang: 'en-US'}

sábado, 4 de janeiro de 2014

Recomendação de Livro. Novembro de 63, de Stephen King.




Este é o mais recente trabalho lançado no Brasil de autoria de Stephen King:

“As páginas de Novembro de 63 voam, sempre dotadas de imediatismo, emoção e suspense. (...) É preciso ter muita habilidade para fazer essa história ao menos remotamente crível. King faz tudo parecer fácil, o que é certamente o truque mais badalado de seu livro.” – The New York Times
Novembro de 63 combina uma variedade de gêneros, tratando ao mesmo tempo do assassinato de JFK, uma história de viagem no tempo, uma variação da busca pelo cálice sagrado, uma história de amor e voyeurismo, um romance histórico contrafactual e uma lenda arrepiante sobre um universo sinistro.” – London Review of Books

A vida pode mudar num instante, e dar uma guinada extraordinária. É o que acontece com Jake Epping, um professor de inglês de uma cidade do Maine. Enquanto corrigia as redações dos seus alunos do supletivo, Jake se depara com um texto brutal e fascinante, escrito pelo faxineiro Harry Dunning. Cinquenta anos atrás, Harry sobreviveu à noite em que seu pai massacrou toda a família com uma marreta. Jake fica em choque... mas um segredo ainda mais bizarro surge quando Al, dono da lanchonete da cidade, recruta Jake para assumir a missão que se tornou sua obsessão: deter o assassinato de John Kennedy. Al mostra a Jake como isso pode ser possível: entrando por um portal na despensa da lanchonete, assim chegando ao ano de 1958, o tempo de Eisenhower e Elvis, carrões vermelhos, meias soquete e fumaça de cigarro. 
Após interferir no massacre da família Dunning, Jake inicia uma nova vida na calorosa cidadezinha de Jodie, no Texas. Mas todas as curvas dessa estrada levam ao solitário e problemático Lee Harvey Oswald. O curso da história está prestes a ser desviado... com consequências imprevisíveis.
Em Novembro de 63, livro inédito de Stephen King, a viagem no tempo nunca foi tão plausível... e aterrorizante. 

←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário