{lang: 'en-US'}

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Aperfeiçoando a sutil arte de matar a distância. Conheçam as munições R.I.P.




Fonte: G2RIP.
Desde o advento da invenção da pólvora que a humanidade só tem "evoluído" na arte de matar. Armas são modernizadas e comercializadas com extrema facilidade em todos os pontos do mundo.
O mercado de armas (legais e ilegais) é uma fonte inesgotável de renda, muito disso devido à sede de sangue que nós, humanos, temos. Matar, principalmente a distância, é um ato cada vez menos provido de sentimentos. Antigamente, assassinar uma pessoa era um ato movido por raiva, emoção extrema ou vingança. Hoje, infelizmente, esse ato ganhou status de poder. Há matadores que tiram vidas indiscriminadamente, apenas com o intuito de ganhar fama e poder. Claro, seria utópico dizer que pessoas assim não existiram em outras épocas, porém é fato que as facilidades e a própria perda da noção de valor de uma vida ampliaram as estatísticas.

Recentemente uma empresa norte-americana criou um novo projétil chamado G2RIP. Esse artefato tem um alto poder destrutivo e foi criado exclusivamente com o intuito de neutralizar definitivamente o inimigo (ou alvo). A munição expande-se em diversas direções ao atingir o alvo e fragmentar-se, provocando danos em pontos distintos, quase sempre fatais. 
A empresa disponibilizou munições para vários calibres de armamento e se vale de um marketing agressivo para ampliar a divulgação e vendas do produto.
Aumentou o poder de destruição e neutralização dos alvos, mas é fato que isso também irá aumentar o número de óbitos em todo o mundo. Por um lado é um grande passo para o policiamento (que hoje trava uma verdadeira guerra), caso seja essa sua aplicação. Por outro lado, nas mãos de pessoas mal intencionadas ou mesmo de criminosos, muitas vidas inocentes serão ceifadas de forma dolorosa e violenta.
E você, o que pensa sobre a evolução desse tipo de artefato? É realmente necessário?
←  Anterior Proxima  → Página inicial

2 comentários:

  1. Absurdamente incrível, mas não creio ser necessário mais tecnologia para esse fim.

    ResponderExcluir
  2. ÓTIMO MUITO BOA ESSA TECNOLOGIA AJUDA PARA IMOBILIZAÇÃO DO MILHANTE E FIXANDO A BALA EM SEU ALVO SEM FERIR TERCEIROS.

    ResponderExcluir