{lang: 'en-US'}

terça-feira, 4 de março de 2014

Feliz aniversário, Zico! A Nação rubro-negra presta sua homenagem...




Ontem, o Galinho de Quintino completou 61 anos.
Ídolo incontestável da torcida/nação rubro-negra, flamenguista de coração e um dos mais carismáticos jogadores de futebol da história, Zico é respeitado em qualquer lugar do mundo.
Na madrugada de hoje, 04 de março, a Imperatriz Leopoldinense o homenageou colocando-o como o tema para o samba-enredo. Houve muita emoção por parte do público e do próprio aniversariante. 


O Galinho venceu a Copa Libertadores de 1981, quatro Campeonatos Brasileiros (1980, 1982, 1983 e 1987), sete Campeonatos Cariocas (1972, 1974, 1978, 1979-Especial, 1979-Estadual, 1981 e 1986), nove Taças Guanabara (1972, 1973, 1978, 1979, 1980, 1981, 1982, 1988 e 1989), duas Taças Rio (1978 e 1986), o 1º turno do Campeonato Carioca Especial de 1979, o 2º turno dos Campeonatos Cariocas Especial e Estadual de 1979, quatro terceiros turnos de Campeonato Carioca (1974, 1979, 1981 e 1987), dois Troféus Ramón de Carranza/ESP (1979 e 1980), um Torneio Cidade de Santander/ESP (1980), um Torneio Internacional de Nápoles/IA (1981), uma Copa Kirin/JAP (1988), uma Torneio Colombino/ESP (1988), um Torneio Internacional de Hamburgo/ALE, um Torneio Quadrangular de Goiás (1975), um de Jundiaí/SP (1975) e outro de Brasília (1976), além do Torneio Quadrangular de Cuiabá (1976). Fonte: Jornal do Brasil.
A foto que marca o início deste post mostra o jovem Zico, no auge, com um menino que hoje também é ídolo no Mengão: Léo Moura. 
Galinho, que Deus lhe ê muita saúde, paz e sucesso em sua vida. Vida Longa e próspera, guerreiro!

Fiquem agora com a narração de um dos gols do craque contra o Cobreloa, na Libertadores de 1981.



←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário