{lang: 'en-US'}

terça-feira, 20 de maio de 2014

Arte original da primeira aparição do Wolverine é leiloada.




Fonte: O Globo
 
NOVA YORK — A arte da original da página da revista em quadrinhos que apresentou o Wolverine ao mundo foi leiloada na última sexta-feira por US$ 657.250 (R$ 1,45 milhão), na Heritage Auctions.
O super-herói aparece nos quadrinhos finais do número 180 de "O incrível Hulk", de 1974. Na história, Hulk está causando destruição no Canadá e Wolverine é chamado para detê-lo.
"Se você realmente quer enfrentar alguém, por que não tenta a sorte contra... o Wolverine!", diz o herói na página final.
O mutante seria um personagem importante na edição seguinte da revista do Hulk. Em 1975, apareceria pela primeira vez entre os X-Men, se tornando com o passar dos anos um dos mais populares personagens da Marvel.
A página original foi desenhada por Herb Trimpe, que deu a revista de presente para um fã em 1983. O dono, que deseja permanecer anônimo.se encontrou com o artista e conseguiu várias revistas autografadas. Ao fim da visita, ganhou o presente especial.
Parte do lucro com a venda vai para a Hero Initiative, um projeto de caridade que ajuda desenhistas de quadrinhos em necessidade.
Outras revistas em quadrinhos venderam bem em leilões. Uma capa do Homem-Aranha desenhada por Todd McFarlane foi vendida por US$ 657.250 em 2012, enquanto a capa do número 2 de "O Cavaleiro das Trevas retorna" alcançou US$ 478 mil em 2013. 

Franz diz: li esta clássica história do Hulk onde Wolverine faz sua primeira aparição. É muito bom relembrar da trama que colocou Logan no universo Marvel. A arte original teve um valor alto, mas admito que pagaria se tivesse grana sobrando para isso. 
Há muitos anos que as artes originais dos quadrinhos estão tendo seu valor reconhecido. Alex Ross, Jae Lee, Jim Lee, Frank Miller e outros desenhistas recebem consideráveis somas por seus trabalhos ainda em estado bruto.
Tal como os esboços de um livro, os quadrinhos estão ganhando destaque como arte. 
A ilustração do Wolverine também trouxe à memória as nuances dos desenhos antigos. Garras ejetadas do pulso, traços simples e arte-final básica, mas que marcaram uma geração.   

←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário