Pular para o conteúdo principal

E quando a Copa acabar?


Muitos aguardam ansiosamente pela Copa do Mundo de 2014. Sediada no Brasil, um dos países emergentes cujos investimentos para receber as Federações de futebol classificadas ultrapassam - segundo a revista Veja - o valor de 9 bilhões de reais, praticamente quatro vezes o que era estimado à época em que o país foi selecionado para sediar o evento. Em contrapartida, o governo federal investiu apenas 3,9 bilhões de reais na saúde, como informou o UOL com base no portal SIAFI do governo.
Estádios foram construídos (alguns ainda estão em construção), áreas urbanas foram reformuladas em prol dos jogos e das "arenas", a vida de milhões de brasileiros foi afetada negativamente e, infelizmente, o retorno para tantos investimentos pode ser nulo. 
E o que você, brasileiro comum, irá ganhar com isso? E quando a Copa acabar?
É impossível não imaginar o que ocorrerá com complexos esportivos criados para a Copa quando esta terminar. O retorno de tamanho investimento é algo que está cada vez mais distante, principalmente quando observamos que os estádios foram reformados ou construídos para uma elite, para os que possuem uma renda muito acima daquela que os meros mortais recebem. Quantos brasileiros das classes C e D irão assistir aos jogos? Quantos deixarão de comprar alimentos para prestigiar uma seleção que não tem ciência das necessidades reais dos menos favorecidos? É muito fácil colocar Pelé e Ronaldo para incentivar a participação do povo brasileiro nos eventos, inclusive como voluntários não-remunerados, mas a dificuldade em admitir que a beleza da Copa será ofuscada pela feiúra de uma realidade árdua, propiciada pelo descaso dos governantes e dos empresários é aquilo que os beneficiados pela Copa do Mundo jamais admitirão.
Gosto de futebol. Não vejo nada de negativo no esporte que une multidões. Sem dúvidas há muito positivo nele e em outros esportes. Mas onde há dinheiro, sempre haverá corrupção. Poucos lucraram fortunas, verbas foram desviadas, o turismo no Brasil está em risco e, ainda assim, o que restará quando as luzes dos estádios forem apagadas? Não há como ser otimista diante de um investimento tão grandioso em prol de algo que não deixará espólio positivo para o povo. 
Torço para que o Brasil um dia invista tanto dinheiro em segurança, saúde, transporte e educação como fez agora, dando ao nosso país um verdadeiro padrão Fifa de excelência pública. Diante de uma política que menospreza todos os problemas internos em detrimento de publicidade externa e auto-divulgação, o que podemos esperar?
Enquanto a bola rolar, políticos estarão fazendo acordos, verbas continuarão a ser desviadas, doentes morrerão por falta de atendimento e a violência continuará disfarçada em UPP instaladas estrategicamente nas proximidades dos jogos, apenas para citar. Quando a Copa acabar, a euforia diminuir e os calos voltarem a apertar, de quem cobraremos essa fortuna desperdiçada?
Não quero ser pessimista. Contudo, há como ser otimista?
 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bethany Townsend, ex-modelo, expõe bolsa de colostomia de forma corajosa.

Bethany Townsend é uma ex-modelo inglesa que deseja, através de sua atitude, incentivar outras pessoas que sofrem do mesmo problema a não ter receio de se expor. Portadora de um problema que a atinge desde os três anos, Bethany faz uso das bolsas de colostomia  que são uma espécie de receptáculo externo conectado ao aparelho digestivo para recolher os dejetos corporais, e desejou mostrar publicamente sua condição.  Quero que outras pessoas não tenham vergonha de sua condição e é para isso que me expus , afirmou a ex-modelo. Bethany usa as bolsas desde 2010 e não há previsão para a remoção das mesmas.  Eu, pessoalmente, concordo com a atitude e respeito-a pela coragem e o exemplo que está dando. Não há outra opção para ela e isso irá forçá-la a viver escondida? Jamais... Veja o vídeo com o depoimento dela. Via BBC

Suzane Richthofen e a justiça cega

Por: Franz Lima .  Suzane von Richthofen é uma bactéria resistente e fatal. Suas ações foram assunto por meses, geraram documentários e programas de TV. A bela face mostrou ao mundo que o mal tem disfarces capazes de enganar e seduzir. Aos que possuem memória curta, basta dizer que ela arquitetou a morte dos pais, simulou pesar no velório, sempre com a intenção de herdar a fortuna dos pais, vítimas mortas durante o sono. Mas investigações provaram que ela, o namorado e o irmão deste foram os executores do casal indefeso. Condenados, eles foram postos na prisão. Fim? Não. No Brasil, não. Suzane recebeu a pena de reclusão em regime fechado. Mas, invariavelmente, a justiça tende a beneficiar o "bom comportamento" e outros itens atenuantes, levando a ré ao "merecido" regime semi-aberto. A verdade é que ela ficaria solta, livre para agir e viver. Uma pessoa que privou os próprios pais do direito à vida, uma assassina fria e cruel, estará convivendo conosco, c

A sensualidade das princisas da Disney em lingeries.

Uma seleção com as belas princesas da Disney, porém de uma forma que nem os príncipes viram. Sensualidade e criatividade a toda prova. O artista que desenvolveu e concebeu estas versões tem seus trabalhos expostos no Deviantart. Confiram outros trabalhos clicando aqui . Franz says : definitivamente, não há nada mais belo no universo do que uma mulher usando lingerie... Sensual até no desenho.