{lang: 'en-US'}

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Resenha de Ultimate Homem-Aranha: Poder e Responsabilidade.




Por: Franz Lima
 
Este é o vigésimo segundo volume da coleção oficial de Graphic Novel da Marvel, lançada pela Salvat. O primeiro volume também teve a presença do Aracnídeo, mas é bom relembrar que isto não foi coincidência, pois a publicação de forma desordenada das edições é parte da estratégia de vendas da editora. Claro que a publicação de Homem-Aranha: de volta ao lar também não foi coincidência, já que sabemos que o personagem mais carismático (carisma = vendas) da Marvel é o Aranha.

O início (de novo)

Poder e responsabilidade é o título mais óbvio possível para quem conhece o herói aracnídeo. Afinal, "com grandes poderes vem grandes responsabilidades" é a frase mais conhecida do universo do Aranha. 
A trama,  confesso, mesmo sendo uma espécie de recomeço para a nova geração não acrescenta nada a quem já lê as aventuras há tempos. E isso é uma óbvia manobra para captar leitores jovens, fato que já ocorre desde o início dos tempos. 
Caso você seja um destes leitores cenozóicos, assim como sou, pode aguardar absolutamente a mesma trama que já foi tantas vezes reproduzida em outras histórias do Aranha. Mas, alguns questionariam, isso é ruim? Eu diria que não, porém é válido frisar que eu dispenso essa HQ. Mais: essa trama não me incentivaria, de forma alguma, a continuar lendo o universo Ultimate. 
Quais foram os critérios que deram tanta popularidade a Poder e Responsabilidade são uma incógnita para mim. Ela pode atrair novos leitores, porém jamais passará de outro "recomeço" para o mais popular elemento da Marvel.
Por fim, pouco resta a dizer sobre esta graphic novel. Vocês verão os mesmos personagens de Spider Man, mas com visuais diferentes e com pequenas nuances que os diferem dos originais. 
Claro que a presença de uma linguagem mais atual (incluindo o uso de smart phones e outros aparatos tecnológicos recentes) é voltada para um novo público, mas - definitivamente - eu considero essa repaginação como algo apelativo, voltado apenas ao lucro.
Obviamente que a continuidade desse arco e o futuro do universo Ultimate se mostraram mais produtivos e bem elaborados, contrariando esse recomeço fraco e desnecessário para o Homem-Aranha.
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário