{lang: 'en-US'}

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Três novos lançamentos literários pela Companhia das Letras.




A caverna das maravilhas (Infinity Ring #5), de Matthew J. Kirby (Trad. de Alexandre Boide)
Próxima parada: Bagdá, 1258. É para lá que o Anel do Infinito manda Sera, Dak e Riq, com o objetivo de corrigir mais uma falha histórica em sua missão de salvar a humanidade. Em meio a caravanas de mercadores e feiras onde são vendidos perfumes, sedas, tapetes e especiarias, os três aventureiros precisam descobrir um jeito de impedir a destruição de uma das maiores bibliotecas da época. Os mongóis estão cada vez mais perto, e o cerco a Bagdá é inevitável. Pelo que Dak sabe, os invasores vão jogar todos os livros da cidade no rio Tigre, até deixá-lo preto de tanta tinta! Mas a importância dessas páginas vai além de da preservação de documentos históricos: sem as informações contidas ali, os três viajantes do tempo não poderão continuar a missão, e tudo o que eles conseguiram até então irá por água abaixo. Agora, os riscos são maiores do que nunca.

O pum, de Stela Greco Loducca e Luciano Tasso
Com o pum é assim: mesmo tentando evitar, vira e mexe ele acontece. Mas até Gabo descobrir isso, foi uma pesquisa e tanto. Ele queria muito entender quem era e de onde vinha esse tal de pum, que ele nunca via e cujos barulhos sempre escutavam. E, para encontrar essa resposta, Gabo teve de enfrentar cheiros nada agradáveis… Mas valeu a pena. Ele percebeu, por exemplo, que existem vários tipos de pum e finalmente compreendeu o que as pessoas já sabem mas não gostam muito de assumir: o pum vem lá de dentro da gente, por isso TODO MUNDO solta – e nem adianta dizer o contrário!

Pati e os lobos, de Pija Lindenbaum (Trad. de Fernanda Sarmatz Åkesson)
Todo mundo tem medo de alguma coisa: de aranha, tempestade, dentista… Mas Pati tem medo de quase tudo, até de fazer carinho em cachorros ou de segurar minhocas. E é justo ela que se perde de sua turma da escola durante um passeio no bosque. Pior do que estar sozinha, rodeada por árvores assustadoras, é ter a companhia de lobos cinzentos, dentuços… e apavorantes. Ou pelo menos à primeira vista. Pati não vai ter outra opção a não ser enfrentar os seus piores temores – e aprender que as coisas não são sempre aquilo que parecem ser.
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário