{lang: 'en-US'}

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Site do escritor Graciliano Ramos é atacado por hackers




Fonte: Isabel Filgueiras, no Estadão
 
O site oficial do escritor Graciliano Ramos (www.gracilano.com.br), autor de Vidas Secas, sofreu um ataque hacker e saiu do ar há dois dias. Segundo a equipe do portal, a ação ocasionou perda do acervo reunido ao longo de 14 anos de trabalho. “Nossa colaboradora Ieda Lebensztayn foi quem viu que a página estava com fundo preto e letras e imagens árabes. Se não foi o Estado Islâmico, foi algo parecido”, diz o administrador da página Albano Martins Ribeiro.
Graças a um backup feito em nuvem em maio, a maior parte do acervo foi recuperada. Os arquivos mais recentes, no entanto, foram perdidos. Outros quatro sites do mesmo servidor também foram invadidos e tiveram todo o conteúdo deletado. Segundo Albano, o portal deve voltar ao ar ainda esta semana.
“Sempre admiramos a militância de hackers que, por todo o mundo, trabalham por uma sociedade melhor e mais justa. Continuamos torcendo por eles, deixando claro que sabemos diferenciá-los dos vândalos que destruíram nosso acervo”, diz mensagem na página.

Franz diz: vandalismo contra a cultura é uma das mais repudiáveis atitudes. A obra de Graciliano Ramos merece respeito não só pela importância dentro de nossa literatura, mas também pela disponibilidade do material produzido. Quantos escritores tem suas obras acessíveis na web? Posso garantir que poucos são os que o fizeram, seja por atitude própria ou através dos familiares que ficaram com a herança cultural.
Canibalizar este acervo é um ato indigno, onde pessoas tentam apagar um legado que estava acessível a todos. Tal como ocorreu em inúmeras bibliotecas destruídas em toda a história da humanidade, posso afirmar que eles não sairão vitoriosos.  

←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário