Pular para o conteúdo principal

Faber-Castell reinventa livros de colorir com plataforma Color PXL,​ ​criada pela DAVID

Hábito que se tornou febre em 2015 inspira novo produto, que conecta mundos on e offline e é inspirado por elementos da cultura pop digital

  
​São Paulo, 31 de ​agosto de 2015 – No ano em que os livros de colorir caíram​ ​no gosto do consumidor brasileiro, a Faber-Castell está lançando o Color PXL, uma plataforma digital que traz frescor para  este público ao conectar universos digital e analógico, transformando o pixel numa nova manifestação de formas e cores feitas à mão.

Idealizado e desenvolvido pela agência DAVID, o Color PXL oferece uma diversidade de desenhos e possibilidades, todos inspirados por um elemento básico do universo digital: o pixel. Antes restrito às mentes por trás do desenvolvimento de computadores e telas, hoje o pixel virou praticamente elemento da cultura pop, tendo inspirado filmes e plataformas de games. Com Color PXL, a DAVID cria o “handmade pixel”. “É um jeito analógico de se divertir com cores e quadradinhos que explora com criatividade e relevância comercial toda a linha de EcoLápis e Canetinhas já presente no trade de Faber-Castell”, diz Rodrigo Grau, vice-presidente de criação da DAVID.

A plataforma digital Color PXL disponibiliza diversos Pix Papers para serem coloridos, divididos em três graus de dificuldade: fácil, médio e avançado. Os Pix Papers são folhas de papel A4 quadriculadas, sendo que cada quadradinho está identificado com um número que representa a cor que compõe o desenho. Após a pintura, cada Pix Paper se transforma num desenho divertido e super colorido de animais, monumentos históricos, dinossauros, profissionais de diferentes áreas e esportes, entre outros.
Para participar dessa experiência, basta acessar colorpxl.faber-castell.com.br e, com o produto Faber-Castell escolhido para colorir, definir o grau de dificuldade, baixar o Pix Paper, imprimir e começar a atividade. Com o Color PXL é possível escolher o desenho a partir de uma ilustração pronta, ou se surpreender após ele ser colorido, já que a plataforma oferece todos os Pix Papers para serem escolhidos apenas por dicas dadas. Quem gosta de criar e exercitar a criatividade pode imprimir os Pix Papers sem o código de cores e desenvolver o desenho que preferir!
Grid de pixels para criar o desenho. São três níveis.

Faber-Castell
SAC: 0800-701-7068

Sobre a Faber-Castell

Líder mundial na produção de EcoLápis de madeira plantada, a história da Faber-Castell se confunde com a própria criação do lápis. Fundada em 1761 na Alemanha, hoje a empresa possui escritórios em mais de 100 países. No Brasil, onde está presente desde 1930, três fábricas (São Carlos-SP, Prata-MG e Manaus-AM) e 9.600 hectares de floresta cultivada (também em Prata-MG) são as responsáveis pela produção de 1,9 bilhão de EcoLápis por ano. Com mais de 69 mil postos de venda no Brasil, exporta também para mais de 70 países. Seu portfolio inclui: EcoLápis de cor e de grafite, giz de cera, tintas escolares, canetinhas hidrográficas, apontadores, borrachas, canetas, lapiseiras, kits criativos, produtos artísticos, instrumentos e acessórios de luxo para a escrita. Seu projeto de plantio  e seus EcoLápis são certificados pelo FSC® (Forest Stewardship Council). Em 2004, o processo produtivo da Faber-Castell também recebeu o certificado ISO 14001, conquistando a recertificação em 2010. Em 2012 a  Faber-Castell estabeleceu uma parceria com a TerraCycle e lançou um programa de coleta que permite a transformação de instrumentos de escrita em matéria prima reciclada que substitui o material virgem que seria utilizado e evita o descarte de resíduos no meio ambiente. O consumidor pode ajudar se inscrevendo no Programa de Coleta e na Brigada de Instrumentos de Escrita Faber-Castell gratuitamente, por meio do site (http://www.terracycle.com.br/pt-BR/brigades/brigada-de-instrumentos-de-escrita-faber-castell.html).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bethany Townsend, ex-modelo, expõe bolsa de colostomia de forma corajosa.

Bethany Townsend é uma ex-modelo inglesa que deseja, através de sua atitude, incentivar outras pessoas que sofrem do mesmo problema a não ter receio de se expor. Portadora de um problema que a atinge desde os três anos, Bethany faz uso das bolsas de colostomia  que são uma espécie de receptáculo externo conectado ao aparelho digestivo para recolher os dejetos corporais, e desejou mostrar publicamente sua condição.  Quero que outras pessoas não tenham vergonha de sua condição e é para isso que me expus , afirmou a ex-modelo. Bethany usa as bolsas desde 2010 e não há previsão para a remoção das mesmas.  Eu, pessoalmente, concordo com a atitude e respeito-a pela coragem e o exemplo que está dando. Não há outra opção para ela e isso irá forçá-la a viver escondida? Jamais... Veja o vídeo com o depoimento dela. Via BBC

Suzane Richthofen e a justiça cega

Por: Franz Lima .  Suzane von Richthofen é uma bactéria resistente e fatal. Suas ações foram assunto por meses, geraram documentários e programas de TV. A bela face mostrou ao mundo que o mal tem disfarces capazes de enganar e seduzir. Aos que possuem memória curta, basta dizer que ela arquitetou a morte dos pais, simulou pesar no velório, sempre com a intenção de herdar a fortuna dos pais, vítimas mortas durante o sono. Mas investigações provaram que ela, o namorado e o irmão deste foram os executores do casal indefeso. Condenados, eles foram postos na prisão. Fim? Não. No Brasil, não. Suzane recebeu a pena de reclusão em regime fechado. Mas, invariavelmente, a justiça tende a beneficiar o "bom comportamento" e outros itens atenuantes, levando a ré ao "merecido" regime semi-aberto. A verdade é que ela ficaria solta, livre para agir e viver. Uma pessoa que privou os próprios pais do direito à vida, uma assassina fria e cruel, estará convivendo conosco, c

A sensualidade das princisas da Disney em lingeries.

Uma seleção com as belas princesas da Disney, porém de uma forma que nem os príncipes viram. Sensualidade e criatividade a toda prova. O artista que desenvolveu e concebeu estas versões tem seus trabalhos expostos no Deviantart. Confiram outros trabalhos clicando aqui . Franz says : definitivamente, não há nada mais belo no universo do que uma mulher usando lingerie... Sensual até no desenho.