{lang: 'en-US'}

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Como fazer a ferida doer novamente: o mau uso da imagem dos militares em um tweet





Por: Franz Lima. Curta nossa fanpage: Apogeu do Abismo

Hoje, há poucos minutos, o jornal O Estado de São Paulo +Estadão lançou um tweet onde afirma que os aumentos para os servidores acrescerão em mais de 50 bilhões de reais as despesas do governo. Vamos analisar friamente os fatos:

a) A publicação da notícia, vinculando-a à imagem dos três Comandantes das Forças Armadas é extremamente tendenciosa. Em uma sociedade cujo rancor ainda é presente quando o assunto é militarismo (por causa do período ditatorial), lançar mão de tal imagem é abrir novamente o debate sobre a importância e a necessidade de aumento para os militares. Muitos podem discordar, mas ainda há milhões de brasileiros que festejariam o fim das FFAA. Muitos ainda consideram os militares como gasto inútil, despesa que poderia ser evitada.

b) Não receberemos aumento. O que teremos será um reajuste para reposição de perdas devido à inflação e ao aumento do mínimo que, obviamente, irá provocar o aumento de tudo. 

c) O percentual concedido será parcelado em 4 vezes, sendo a primeira parcela de apenas 5,5% sobre o soldo (parcela mínima do salário de um militar).

d) Os militares que ganharão os R$ 31.636,00 (em 2019) não correspondem a 0,2% do contingente de 650 mil. 

e) Não cumprimos jornadas somente às terças, quartas e quintas. Temos um regime diferenciado que nos obriga a ter horário para chegar, mas não há garantias de que poderemos voltar aos lares. Isso se chama "disponibilidade permanente". Não acredita? Basta acessar o portal da transparência e verão como está o campo 'jornada de trabalho' para os militares.

f) Não temos força política para negociar os próprios salários, ao contrário do que acontece com políticos, juízes e outras classes de grande poder e influência.

g) Por fim, peço apenas que tenham mais cuidado com o uso da imagem de uma classe que está exaurida. Queremos trabalhar, mas os recursos são escassos. Há muitos anos estamos com nossos meios de defesa em estado precário, sucateados. Como exigir de uma tropa o sacrifício da própria vida se, em tempos de paz, ela não consegue sustentar um padrão de vida digno e condizente com as funções que lhe são impostas? Nós não somos os responsáveis pela Ditadura, não a queremos de volta e não devemos ser caçados e punidos por crimes de nossos antepassados. Por favor, respeitem essas seculares instituições que, além de lutar por nosso território, vão aos lugares que o Governo Federal e os governos estaduais esqueceram...
←  Anterior Proxima  → Página inicial

4 comentários:

  1. Outra coisa que também deveria constar é que a ditadura foi ruim para quem era nocivo à sociedade, pois a mesma trouxe inúmeros benefícios. A desordem e criminalidade que existe hoje NUNCA existiria na época.

    ResponderExcluir
  2. Outra coisa que também deveria constar é que a ditadura foi ruim para quem era nocivo à sociedade, pois a mesma trouxe inúmeros benefícios. A desordem e criminalidade que existe hoje NUNCA existiria na época.

    ResponderExcluir