{lang: 'en-US'}

quarta-feira, 8 de junho de 2016

As armadilhas que cercam a nova produção de Assassin´s Creed.




Por: Franz Lima. Curta nossa fanpage: Apogeu do Abismo. #apogeudoabismo

Não há dúvidas. Assassin´s Creed é uma produção aguardada por muitos fãs da série de jogos. A mitologia criada é bem consistente e dá margem para muitos filmes de bom nível. Entretanto, ao me recordar de produções como Resident Evil e Príncipe da Pérsia, questiono se teremos outro fiasco nos cinemas.
As adaptações de games não têm sido o ponto alto em Hollywood. Super Mario, Street Fighter, Double Dragon, Dungeons and Dragons, Max Paine, Doom, Tekken... são muitos os filmes que sucumbiram aos roteiros fraquíssimos, algo que assombra a indústria cinematográfica há anos.
Vi o trailer e gostei do que vi. O mesmo ocorreu, recordo-me, quando assisti o trailer de Príncipe da Pérsia. A trama tinha um leque de opções para ser algo ótimo, porém preferiu partir para algo mais "Sessão da Tarde". Aliás, o tom mais leve em alguns filmes do gênero (algo que busca ampliar o público atingindo várias faixas etárias) é um dos pontos mais comuns para a derrota em bilheteria e crítica.
Adaptações precisam de fidelidade e, sobretudo, de uma narrativa cativante e coerente. Os efeitos especiais não são garantia de uma boa produção. Nem mesmo a presença do ótimo ator Michael Fassbender dá sossego para nós fãs. 
Eu aguardarei com muita cautela o lançamento dessa nova adaptação de um game. Espero que, dessa vez, a gana em lucrar com brinquedos, produtos licenciados e demais produtos derivados de um filme assim, incluindo um novo jogo, não seja a sentença de morte para algo que poderia ser grandioso.
Vamos ver o que acontece...
E você, leitor, concorda com o que eu enunciei? O trailer está aqui para que você tire suas próprias conclusões.
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário