{lang: 'en-US'}

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Velhos tempos: Rom - o Cavaleiro do Espaço.




Por: Franz Lima. Curta nossa fanpage: Apogeu do Abismo. #apogeudoabismo

A Marvel sempre teve muitos personagens profundos, ainda que não a totalidade, óbvio. Mas um dos destaques, principalmente à época, foi Rom, o Cavaleiro do Espaço. Rom era um guardião da Terra oriundo de outro planeta, criado pela genial dupla Sal Buscema e Bill Mantlo. Em seu planeta de origem ele foi um guerreiro que sacrificou a própria 'humanidade' para se tornar um ciborgue e enfrentar uma horda que ameaçava a vida de todos em Gálador. 
Os Cavaleiros do Espaço conseguiram evitar a derrota diante do exército de Espectros, porém muitos fugiram pelo espaço. Rom localizou um grande grupo deles em nosso mundo e, assim, foi deflagrada uma guerra velada em nosso planeta.
Inicialmente sozinho, Rom foi ganhando aliados e inimigos, inclusive os X-Men que desconheciam as reais intenções do guerreiro espacial. Outro fator que gerou esse conflito foi a presença dos Espectros que eram capazes de se misturar aos humanos assumindo nossa aparência, tal como fazem os Skrulls (eles, na verdade, são Skrulls que sofreram mutações nas mãos dos Celestiais).
Um dos pontos altos das tramas estava no convívio de Rom com os humanos. Aos poucos, ele acabou por compreender mais da natureza dos terráqueos, assimilando, inclusive, seus sofrimentos e dilemas. Mais do que uma simples história em quadrinhos, o que o leitor tinha era uma crônica sobre adaptação e o sofrimento de alguém que está isolado de seus semelhantes. 
Enfim, caso você seja um fã de quadrinhos e ainda não teve a oportunidade de conhecer as aventuras (e o drama por trás delas) de Rom, busque sem o menor receio.
Espero que a Panini reedite as histórias do Cavaleiro do Espaço, pois ele não merece cair no esquecimento.
Brandy Clark, a futura Starshine
Starshine


Confronto com os X-Men


Híbrido, um inimigo mais maligno que os Espectros


A origem do Cavaleiro do Espaço

Rom e outros Cavaleiros do Espaço


A arma de Rom não aniquila o inimigo, mas revela seu verdadeiro aspecto

←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário