{lang: 'en-US'}

segunda-feira, 4 de julho de 2016

A arte hiperrealista, sinistra e reflexiva de Xooang Choi.




Por: Franz Lima. Curta nossa fanpage: Apogeu do Abismo. #apogeudoabismo

Definitivamente, Xooang Choi usa seu talento para o hiperrealismo de uma forma bem diferente. Suas peças são únicas e levam o espectador a pensar, refletir sobre o significado das artes. Em geral, Xooang usa o corpo humano de modo chocante. Há peças onde a deformidade é o ponto de realce, aquilo que mais impacta. Em outras, a mistura entre corpos humanos e animais lembram, entre outras coisas, que somos seres habitantes de um mesmo planeta cuja convivência deveria ser harmoniosa, algo que pouco ocorre.
O escultor também tem uma abordagem bastante crua da sexualidade e nudez. Aliás, através de corpos (e partes deles), ele cria peças que podem parecer macabras inicialmente, mas vão além disso, já que há uma lição por trás de cada uma delas.
Em algumas dessas esculturas eu falarei sobre minha visão delas, o que não implica em dizer que se trata da ideia do escultor ao fazê-las.
Divirtam-se com as imagens e espero que o post tenha levado-os a refletir sobre essas curiosas obras de arte. 
Ao fim do post, vocês verão um vídeo de uma das exposições do artista.


Asas. O conjunto da obra traz à memória o universo do Labirinto do Fauno


O processo de modelagem
Corpos mesclados a partes de madeira
Realismo extremo

O artista em uma de suas exposições

Finalizando a pintura de uma de suas peças






Uma mulher penetra, literalmente, a mente da outra

Híbrido
Próteses
Reflexos: apesar de idênticas, uma delas parece estar envolta por uma película.

Nudez explícita e não ofensiva


Sussurro
Detalhamento até nas veias e tatuagens

O híbrido sem pernas e braços é carregado por sua parceira
Vaidade na própria pele: alusão aos piercings


A vida inacabada: algo que remete ao feto em formação

Sentimentos expressados só no olhar

Bebês com detalhes nas genitálias e nas faces

Reparem no realismo das mãos e antebraço

Descaso. A imagem traz o sentimento de abandono

Discussão

Piedade

Piedade - detalhe


Vaidade

Mãos e antebraços que formam asas

O Debate. As faces expressam desde o amor até o escárnio

←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário