{lang: 'en-US'}

segunda-feira, 11 de julho de 2016

A vitória da Leoa. Parabéns, Amanda Nunes.





Por: Franz Lima. Curta nossa fanpage: Apogeu do Abismo.

O UFC 200 foi um evento realmente marcante. Lutas impressionantes, nocautes, finalizações e, sobretudo, a escrita de um novo marco na história: a primeira brasileira campeão do UFC se sagrou nos campo de batalha e ela é Amanda Nunes.
Quem viu os pouco mais de três minutos de luta não consegue imaginar a gama de sacrifícios e esforços envidados para chegar ao patamar de campeã. Amanda é uma guerreira com disposição e consciência de suas limitações. Ela trabalhou e estudou o estilo de luta de Miesha, teve um camping extenuante, sofreu... e alcançou seu objetivo.
Mais do que uma simples luta, o que vimos foi uma conquista ímpar e a superação de limites. Amanda fez jus à confiança de Dana White e mostrou que o Brasil ainda produz lutadores de fibra.
Miesha é uma excelente lutadora e se mostrou honrada ao aceitar e cumprimentar a vitória de Amanda Nunes.
Que muitas outras vitórias se sigam. Parabéns, Leoa.

P.S.: essa luta também serviu para comprovar que não há limitações para ninguém, principalmente por conta de sua sexualidade. Amanda e sua namorada Nina Ansaroff, também lutadora, treinaram juntas para o evento e, também juntas, venceram o combate de suas vidas. 
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário