{lang: 'en-US'}

terça-feira, 26 de julho de 2016

Liga da Justiça (Justice League). Análise (Review) do trailer




Por: Franz Lima. Curta nossa fanpage: Apogeu do Abismo.

O que parecia remoto, finalmente ganhou vida. Anos de espera dos fãs foram compensados por um trailer que espantou os temores da maioria. Liga da Justiça ganhou seu aguardado trailer na San Diego Comic Con e trouxe boas novidades.
O trailer mostra, ao contrário dos quadrinhos, um Batman em busca daqueles que irão se unir a ele contra um poder maior. Inicialmente encontramos Bruce em uma espécie de vilarejo onde questiona o paradeiro do benfeitor deles. Um homem que traz peixes no inverno, um homem que vem do mar. 
A cena acima mostra de quem se trata. Uma versão quase viking do Aquaman, um ser bruto e fortíssimo, capaz de levantar Bruce como se fosse um brinquedo. O encontro entre eles não é dos mais amistosos, porém serve como primeiro contato.
A cena seguinte mostra um artefato sendo enterrado, escondido por homens que vestem roupas medievais. O artefato é uma Caixa Materna e está relacionado a essa busca do Batman por meta-humanos. A preocupação dele quanto a presença de criaturas superpoderosas é perceptível desde Batman v Superman e permanece em Liga da Justiça.
Outro fruto interessante de Batman v Superman é a parceria entre a Mulher-Maravilha e o Batman. Aliás, a química entre a dupla é sensacional e reforça a pertinência das escolhas de Ben Affleck e Gal Gadot para os papéis. Eles são a força motriz que reúne os heróis que formarão a Liga.
O recrutamento prossegue. Bruce encontra (na verdade, invade) o lar de Barry Allen. A conversa flui tranquilamente até que um teste é feito para ver os "reflexos" de Barry. Batman não se surpreende com a agilidade do meta-humano e o convida para se unir a "iniciativa" Liga da Justiça. O convite é aceito. 
O que se destaca nessas cenas é o humor atribuído a Barry. Tal como já vimos na versão animada da Liga da Justiça, o Flash é extremamente divertido e lembra demais o Peter Parker visto em Capitão América: Guerra Civil. 
Coincidência ou não, essa característica irá garantir um tom menos sombrio ao filme, suponho.

Surgem imagens do Cyborg e Flash já caracterizados, além da Mulher-Maravilha e do Batman. O Aquaman aparece para reforçar que ele não será o alvo de piadas que algumas histórias mostraram nos quadrinhos. Será, certamente, o fim do Aquaman da era da Hanna-Barbera.
Segue a imagem do logo da Liga da Justiça e, por fim, um diálogo para brincar com os poderes do Aquaman. Bruce chama-o pelo nome, Arthur Curry, e afirma que ouviu sobre ele falar com peixes. 
A óbvia ausência ficou por conta do Superman. Mas eles jamais fariam um filme da Liga sem ele. Logo, basta ter paciência e aguardar o surgimento do herói. 
Não entendeu o motivo da ausência dele? Então você não assistiu Batman v Superman: a Origem da Justiça. Corre e veja, preferencialmente, a versão estendida para compreender mais, inclusive a importância das Caixas Maternas e o vilão que irá confrontar os integrantes da Liga. Afinal, desde Homem de Aço que os filmes da DC estão interligados.
Agora, assista ao trailer abaixo e curta muito o surgimento da equipe que irá alavancar o universo DC nos cinemas.

←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário