{lang: 'en-US'}

segunda-feira, 25 de julho de 2016

The Flying Man. Análise do curta-metragem.




Por: Franz Lima. Curta nossa fanpage: Apogeu do Abismo

O que surgiria da união do Superman com o Justiceiro? A força e voo de um unidos à sede de vingança do outro. Será que teríamos um vigilante capaz de fazer justiça com as próprias mãos?
Com um roteiro bem próximo disso, The Flying Man é um curta-metragem feito por uma dupla brasileira e que chamou a atenção da Marvel por sua coragem e linguagem crua. Os idealizadores do curta são Marcus Alqueres (com participação em efeitos visuais de filmes como Planetas dos Macacos e 300) e Henry Grazinoli. Roger Lima é o responsável pelo som.
O roteiro leva o espectador a questionar sobre a relevância dos atos dos Homem Voador. Ele é um vigilante que está acima da lei e age como um executor. A todo instante os idealizadores direcionam a platéia a fazer o seguinte questioanamento: quem vigia os vigilantes?, o que mostra uma das inspirações dos idealizadores, a série WatchmenMas, além disso, também somos levados a questionar as leis pouco rígidas e os fracos resultados positivos do sistema prisional.
Os pontos elevados da trama ficam por conta dos métodos de execução do justiceiro e o final do curta onde uma nova forma de justiça é mostrada, revelando uma outra faceta do Homem Voador.
Há notícias de que o curta será transformado em um longa-metragem... eu espero que sim. 
Assistam atentos aos 9 minutos de The Flying Man. Digam-me o que acharam dessa obra que ganhou a atenção de Hollywood.

←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário