{lang: 'en-US'}

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Porque tenho tão altas expectativas com Ghost in the shell.




Por: Franz Lima. Curta nossa fanpage: Apogeu do Abismo.

Ghost in the Shell (título no Brasil "Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell") sofreu sérias críticas por parte dos fãs extremistas quando o primeiro teaser saiu e mostrou Scarlett Johansson como Motoko Kusanagi. As reclamações foram feitas em função da atriz não ter etnia oriental, contrariando a personagem do mangá que é nipônica. Bem, a etnia não influencia em uma atuação, essa é minha opinião. Uma boa atriz não tem cor ou raça, ela simplesmente se entrega ao papel. E eu já contemplei ótimas atuações de Scarlett.
Então, para queimar a língua dos fãs chatos, eis que surge o primeiro e fantástico trailer do filme. A caracterização e as cenas onde Scarlett é a major Motoko são impressionantes. A ambientação está perfeita e há cenas que são, simplesmente, uma reprodução fiel do que vimos no anime. Há CGI, óbvio, porém também haverá cenas feitas com artefatos mecânicos que dão maior credibilidade aquilo que estamos vendo. Lembro que a ambientação é em um futuro distópico, caótico e extremo do ponto de vista tecnológico. Logo, ter partes feitas com engenharia mecânica e efeitos tradicionais é algo muito positivo para a trama, inclusive na parte da interpretação, já que teremos muito menos telas verdes e personagens feitos com captura de movimento para dificultar a interpretação do elenco.
Fãs em todo o mundo estão ansiosos pelo lançamento do filme e acreditam no sucesso e na fidelidade da adaptação. Foram anos aguardando por isso. E são anos de decepção também, já que animes como Dragon Ball, Street Fighter, Speed Racer e Avatar (o último dobrador de ar) decepcionaram ou desagradaram muito os fãs ao serem transformados em live action pelos estúdios de Hollywood. 
Contudo, acredito e confio que Vigilante do Futuro - Ghost in the shell será um excelente filme, à altura dos fãs e da obra original. 
Para terem uma noção do que os aguarda, vejam o trailer e os bastidores da produção com comentário de ninguém menos que o diretor do anime Ghost in the shell, Mamoru Oshii. 
P.S.: a releitura da clássica música do Depeche Mode, Enjoy the Silence, caiu como uma luva para o trailer. 



←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário