{lang: 'en-US'}

domingo, 4 de dezembro de 2016

Conseguirá a Universal reunir com sucesso novamente todos os seus monstros clássicos?




´
Esta é uma questão que está martelando minha mente desde que vi o teaser trailer (disponível no final do post) de A Múmia. A empreitada é corajosa e conta com um elenco muito bom, incluindo Tom Cruise, Russel Crowe, Sofia Boutella, Jake Johnson, Annabella Wallis e Courtney B. Vance. Mas, do que se trata mesmo esse filme?
Vamos aos fatos: esqueçam a franquia anterior, estrelada por Brandon Fraser. Não teremos, aparentemente, a mesma veia cômica da trilogia. Aliás, o teaser mostra em pouco tempo que essa múmia não veio para divertir, e sim assustar. A atriz escolhida para o papel é a sensual (e sombria, quando necessário) Sofia Boutella (Kingsman) e a caracterização ficou perfeita. A escolha de Tom Cruise é garantia de cenas de ação com alta qualidade, além de termos Russell Crowe como ninguém menos que o Dr. Jekill. 
O que isso significa? Bem, a resposta é simples. A Universal Studios pretende reunir seus monstros clássicos (Drácula, Múmia, Frankenstein, Dr. Jekill/Mr. Hyde, Homem Invisível, A Criatura do Lago e o Lobisomem), incluindo o Dr. Van Helsing, em um único filme. Para isso, a retomada começou com Dracula Untold (Drácula - a história nunca contada) e tem como segundo passo essa nova produção da Múmia que já coloca dois monstros em um mesmo ambiente - porém ainda não sabemos se Jekill se manisfestará.
Os demais filmes já têm estrelas de peso. Para que tenham uma ideia, Johnny Depp será o Homem Invisível. Tem alguém mais apto a interpretar um homem que enlouquece após descobrir a fórmula da invisibilidade? Só espero que o tom seja mais tenso e sombrio, descartando o humor que o marcou em filmes como Alice e Piratas do Caribe. Outra produção que já conta com a escalação de um nome famoso é A Noiva de Frankenstein, cuja pretensão do estúdio é ter Angelina Jolie no papel. 
Por fim, há sondagens que buscam trazer Javier Bardem para ser o Frankenstein.
E o que tudo isso pode se tornar? Uma das mais corajosas decisões do estúdio que tem potencial para reerguer do túmulo os mais amados monstros que o cinema já deu vida. 
Relembro que a chance de sucesso é grande por ter astros e estrelas de renome, mas também por já ter um público cativo composto por homens e mulheres que cresceram vendo essas criaturas oriundas da literatura e que ganharam vida no cinema. 
O sucesso de criaturas como Drácula, Lobisomem e outros é enorme e já rendeu filmes, livros, séries, HQ, peças teatrais e muito mais. Logo, eu acredito muito no potencial dessa corajosa investida da Universal Studios. 
Baseando-me no primeiro filme (Dracula Untold), creio que teremos um filme muito bom sobre a Múmia e, em breve, o sonho de ter uma nova reunião das mais clássicas e assustadoras criaturas do estúdio reunidas se tornará realidade. Uma realidade agradável e à altura do peso e importância desses seres mitológicos que marcaram e marcam a vida dos fãs do cinema e da literatura.
Só para frisar, A Festa do Monstro Maluco e Hotel Transilvânia são resultados diretos da força que os filmes da Universal têm.
Descubra um novo mundo de deuses e monstros...

Texto: Franz Lima. Curta nossa fanpage: Apogeu do Abismo.

←  Anterior Proxima  → Página inicial

Um comentário:

  1. Parece ser de levantar defunto do túmulo, ou da tumba....

    ResponderExcluir