{lang: 'en-US'}

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Dia da Mentira? Pra quê?




Por: Franz Lima.
Houve uma época onde o dia da mentira, para mim, tinha graça. Era divertido pregar peças e sustos com pequenas mentiras. Algumas inocentes, outras nem tanto. Mas o que mudou daqueles longínquos anos para hoje? Na verdade, talvez nada. Pelo menos no que se refere à brincadeira em si.
Entretanto, a índole de quem faz, prega esses trotes ou peças, como queiram chamar, mudou. Não sei precisar quais as razões, porém me parece que há uma malícia muito forte em tudo que se faz atualmente. A antiga inocência ou o limite, melhor dizendo, foi posto de lado. Mentir e ferir são coisas corriqueiras, mostradas em algumas mídias como uma arma para a sobrevivência. Uma defesa natural. Essa banalização do erro, quem sabe a aceitação dele, colabora para uma queda vertiginosa do respeito ao próximo e do valor da vida.
Quando ser ruim é normal, mesmo em 'inocentes' brincadeiras, o que aguardar futuramente? Uma boa pessoa será moldada dessa forma? Creio que não. Mas o que também me irrita, incomoda de forma contínua, é termos um dia para mentir no calendário e, em contrapartida, não percebermos que todos os outros dias são também dedicados a mentir, a enganar. Já havia pensado nisso? 
Ano após ano temos nossos valores postos de lado em nome do falso, do fictício. Mentimos em casa, no trabalho, nas redes sociais... mentimos para nós mesmos a ponto de acreditar naquilo que tanto repetimos. Os avatares dão lugar, lentamente, aos rostos. Pessoas ganham coragem e força por trás de um teclado, porém são incapazes de dizer 'oi' para alguém importante. A eloquência some quando a tela se apaga... Ouvimos todos os dias as promessas vãs de nossos governantes e, mesmo sabendo da futilidade delas, optamos por acreditar. Aceitar parece diminuir a dor das sequelas. Triste. 
Então, nobres amigos, volto a questionar: um dia para mentira, nesse contexto abordado, é necessário? Como dito por Hugh Laurie no seriado House... Todo mundo mente. Mas, eu digo, poucos sabem as reais consequências desse ato.
←  Anterior Proxima  → Página inicial

Um comentário:

  1. Mentir, hoje é dia é repertorio normal na vida de algumas pessoas, ela mente tanto que acredita que o que esta falando é verdade.

    ResponderExcluir